BRASIL

PF faz buscas na casa do ex-procurador Miller e na sede da J&F.

PF faz buscas na casa do ex-procurador Miller e na sede da J&F.

Polícia Federal (PF) faz buscas na casa dos empresários Joesley Batista e Ricardo Saud nesta segunda-feira, 11. Os agentes também cumprem mandados de busca também no Rio de Janeiro. O alvo é a casa do ex-procurador da República Marcelo Miller.

Miller, que agora atua como advogado, é acusado de fazer jogo duplo em favor da J&F e também de envolvimento na polêmica que pode levar ao cancelamento do acordo de delação da JBS. 

Joesley Batista e Ricardo Saud, cujas prisões foram decretadas pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, por violação do acordo de colaboração premiada, se entregaram na sede da Superintendência Regional da Polícia Federal em São Paulo, no domingo, 10.

Saud foi o primeiro a chegar. Por volta de 14h, Joesley, que partiu da casa do seu pai, nos Jardins, na zona sul, também chegou. Ambos usaram carros particulares para ir à sede da PF.

Envolvimento de Miller com a JBS

O ex-procurador é o pivô do escândalo que enfraqueceu a delação da JBS e as denúncias contra o presidente Michel Temer. Miller trabalhou próximo do atual PGR, Rodrigo Janot, nas investigações da Lava Jato, entre 2014 e 2016. Sua principal atribuição era negociar as delações premiadas da operação.

Ele deixou o cargo em abril deste ano para trabalhar no escritório Trench, Rossi e Watanabe, que representava a J&F nas negociações do acordo de leniência do grupo. O acordo de leniência é empresarial, mas também negociado com o Ministério Público.

Seu nome veio à público na semana passada, quando os irmãos Batista anexaram mais documentos à delação. Em um dos áudios, Joesley afirma que Miller estava atuando para influenciar Janot nas decisões sobre o acordo. Essa reviravolta, levou Janot a determinar a revisão do acordo de colaboração da J&F.

No despacho, o PGR disse que Miller “estaria auxiliando os interlocutores, inclusive a pretexto de influenciar a decisão do Procurador-Geral da República, em futura negociação de acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal”. ( Fonte: Exame)

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BRASIL

Mais em BRASIL

Envelhecimento da população gera alta no custo de planos de saúde, diz ANS

Johnnathan9 de outubro de 2017

Creche incendiada em Janaúba será reinaugurada em 80 dias

Johnnathan9 de outubro de 2017

Cartórios de registro civil já podem emitir documentos de identificação

Johnnathan3 de outubro de 2017

Correios ingressam com ação de dissídio coletivo contra greve de trabalhadores

Johnnathan28 de setembro de 2017

Quatro escolas reabrem na Rocinha; 1,6 mil alunos seguem sem aula no Rio

Johnnathan27 de setembro de 2017

Governo decide manter o horário de verão a partir do dia 15 de outubro

Johnnathan26 de setembro de 2017

No Brasil, 45% da população ainda não têm acesso a serviço adequado de esgoto

Johnnathan25 de setembro de 2017

Termina hoje prazo para atualizar carteira de vacina de crianças e adolescentes

Johnnathan22 de setembro de 2017

Equipes de bombeiros monitoram novos focos de incêndio na Floresta Nacional

Johnnathan18 de setembro de 2017
Rede Metrópole de Comunicação
Rua T55 esq. rua 9
Qd.: G21 Lt.: 01
CEP: 74150-320
Fone: (62) 3215-9670
Email: comercial@metropolenews.tv.br
setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Parceiros

Parceiros

Copyright © 2017 Metropole News.